Mudar, transformar e crescer

kayaking-1149886_1920Às vezes, é preciso decidir sair do lugar comum e ir em busca de novos desafios, sonhos, ir em busca de uma nova jornada, e acredite essa caminhada pode ser transformadora e para muito melhor.

Se você é um ser humano comum, já teve medo. Medo de mudar, medo de tomar uma decisão e lá na frente descobrir que estava errado. A questão é que se você não seguir em frente no que almeja, nunca vai saber o que poderia ter sido, se estava certo  ou errado, e o pior de tudo, pode perder uma grande oportunidade transformadora, que pode de “tirar do chão” e fazer alcançar coisas jamais pensadas antes em sua vida. E a melhor notícia é que se você estiver errado na sua decisão haverá uma outra chance, um novo jeito, um novo caminho para fazer a vida valer a pena. Do contrário, ouvir seus medos apenas o deixará estagnado e preso nos pensamentos sobre o que poderia ter sido. Que alegria há nisso?

Mudar nos exige coragem – da etimologia ação que vem do coração – mas acima de tudo exige confiança em nós mesmos, no que nós queremos, no que é bom para nós. Na vida muitas vezes parece que estamos rendidos, que não há outro caminho a não ser viver no marasmo que muitas vezes vivemos, mas isso é pura ilusão. Sempre há um caminho, uma alternativa, um novo jeito de viver, basta olharmos com atenção e nos conectarmos com nós próprios, intimamente, como nunca fizemos antes, já experimentou?

Já acordou um dia com aquela vontade de não fazer igual tudo o que você faz diariamente? Por um momento, já teve vontade de largar tudo e ir para um lugar completamente novo, com pessoas totalmente desconhecidas? Já sentiu vontade alguma fez de simplesmente deixar de ser quem você aparenta ser? E o que você fez? Seguiu com a sua rotina, frustrado e reclamando, ou se olhou internamente e conversou mais intimamente com você e se questionou sobre o que você realmente gostaria de fazer, sobre quais são seus sonhos, seus anseios?

Se você nunca fez isso, aconselho que faça. Vai descobrir o quanto isso é revelador. E depois que fizer essa descoberta, sugiro que diga um sim, por mais que tenha medo, arrisque! Calma, não precisa dizer todos os sins de uma vez só. Diga um sim de cada vez, mas acima de tudo, se permita; acredite, é transformador! Vença o medo que te impede de ser feliz!

Eu me disse alguns sins neste ano, e se pudesse voltar atrás e trocá-los por nãos jamais o faria, hoje sou outra pessoa, sem dúvida mais feliz pelos sins que me permiti. E neste momento, nenhuma forma de arte descreve tão bem o que sinto como a música “Sim”, da Sandy, que diz:

“Eu senti o vento arrastar o medo pra longe de mim …

Eu vi a vida de abrir pra mim, quando eu disse sim…

Eu disse sim pro mundo, disse sim pros sonhos e pra tudo que eu não previa …

Eu disse sim pra tudo que eu podia …  E eu podia mais do que eu sabia”.

Por tudo isso, diga sim para todas as formas que a vida encontra para te mostrar que toda experiência é válida e enriquecedora!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s